Relacionamentos, Sarah, Pensão, Cazuza e Betty

E viveram felizes para sempre

Às vezes tenho medo de pensar no futuro. Tenho medo de em minha velhice eu ficar sozinho, sem um amor ao lado, sem uma família, abandonado. Talvez seja imaturidade da minha parte, mas vejo a velhice gay de uma forma tão difícil de ser lidada, de ser vivida. Tenho medo, só sei disso. O que mais quero, romantismos à parte, é ter uma pessoa ao meu lado que eu ame e possa desfrutar do tão cultuado “e foram felizes para sempre”. E não sou o único.

Uma pesquisa realizada nos EUA mostra que os homossexuais desejam ter relações duradouras e ter ou adotarem filhos. O Rockway Institute entrevistou 133 adolescentes gays de Nova York, entre 16 e 22 anos, e alguns resultados foram os seguintes:

- Mais de 90% das mulheres e 80% dos homens esperam ter relações monogâmicas depois dos 30 anos;

- Dois terços das mulheres e mais da metade dos homens consideram possível adotar filhos no futuro;

- 66% dos homens e 80% das mulheres disseram que um relacionamento estável é extremamente importante para suas vidas.

E você, leitor da DOM, o que pensa do futuro? Quer ter filhos? Quer um relacionamento estável e duradouro?

********************

Welcome, Carrie

A contagem regressiva para o filme da série Sex and the City continua (faltam 37 dias), mas, enquanto isso, os fãs da série poderão encontrar sua musa escritora logo mais. A atriz Sarah Jessica Parker, nossa querida Carrie Bradshaw, deve vir a São Paulo em maio para a inauguração do novo Shopping Cidade Jardim. Sarah é a nova garota-propaganda do shopping e o cachê da estrela foi estimado em 600 mil dólares para a campanha. Tietagem ou não, preciso de uma foto com ela na inauguração!

********************

Direito concedido

A comunidade GLBTT tem um acontecimento para comemorar: um homossexual conseguiu na 30ª Vara Cível do Estado de Belo Horizonte o pagamento de pensão por morte de seu companheiro. A Justiça ordenou também o pagamento do débito em atraso, retroativo à data da morte do parceiro.

O juiz da vara, Wanderley Salgado de Paiva, declarou que a lacuna inexistente na legislação não pode ser um obstáculo para o reconhecimento de um direito. Que bom que ainda há pessoas que pensem assim.

********************

Cazuza vetado

Não vai acontecer mais o evento no Rio de Janeiro para a comemoração dos 50 anos que Cazuza faria este ano. Estava previsto para amanhã um show na Praia de Copacabana para homenagear o cantor, porém a Polícia Civil não deu o aval para a realização. Segundo o órgão, a estimativa de público seria superior à informada pela organização, que era de 70 mil pessoas. Uma pena, uma pena.

*******************

Os melhores da telinha

A Aliança Gay e Lésbica contra a Difamação (sigla GLAAD, em inglês) premiou na Califórnia os melhores do entretenimento gay. A novela Ugly Betty, graças aos personagens gays ao longo da trama, ganhou o maior prêmio da noite pelo segundo ano consecutivo. Os cantores Janet Jackson e Rufus Wainwright também foram premiados graças ao posicionamento favorável à comunidade GLBTT.

********************

Bom feriado a todos

Muito juízo, camisinha e alegria para todos nesse feriado.

Recado para o leitor Pedro Paulo Maia: sim, já me falaram isso várias vezes, que pareço com ele. Levo sempre como elogio rs.

Aliás, fuçando na internet, encontrei esse vídeo que me fez pensar “como estou velho”. Diretamente do túnel do tempo, Justin Timberlake e Britney Spears.

5 Respostas to “Relacionamentos, Sarah, Pensão, Cazuza e Betty”

  1. Laio Realengo Says:

    Relacionamento estável é algo que me agrada, mas filhos é um grande passo. No momento não penso nisso, vou deixar para o futuro.
    Engraçado chamarem uma atriz estrangeira para ser garota propaganda de algo no Brasil. Isso me levanta duas perguntas: será que não temos pessoas legais aqui para fazerem esse papel? Será que outros países chamariam brasileiros para serem garotos ou garotas propagandas de um shopping? Nada contra a Sara, mas é bom refletir a respeito.
    Acho que num futuro bem próximo a união civil de pessoas do mesmo sexo terá os mesmos direitos de que uma união hétero. É um sonho mas coisas estão acontecendo.
    Pôxa, eu ia no show do Cazuza! O que farei amanhã? Meu consolo é que está chovendo.
    Betty Ugly é a versão anglo saxã de Bety a Feia? Interessante se apropriaram da história e não levaram nenhum ator latino. Desculpe estou meio xenofóbico hoje.
    Vou estudar no feriado e que sabe ver meu amor.
    Bom feriadão!

  2. pedro paulo maia Says:

    eu quero mto ter uma relaçao, mas tah dificil. as pessoas soh querem se divertir. eu pretendo casar e adotar filhos nao quero esperar ficar velho para isso, se encontrar alguem especial posso começar a realizar isso amanha msm.
    esses videos de quando o justin era pequeno e cantava junto com a britney me faz pensar se eles fizeram sexo, pq ateh ela falar que tava gravida tinha gente que jurava que ela era virgem.

    paulo vc nao estah velho.

  3. Willians Says:

    Bom… eu, com meus poucos 23 anos, sou preocupado com isso. Terminei um relacionamento há pouco, após tomar consciência de que não estou pronto para um relacionamento no momento. Mas tenho medo dessa fase não passar, e eu não conseguir me relacionar com alguém, enquanto o tempo vai passando. Ficar sozinho é o maior medo dos homossexuais.

    Um abraço!

  4. Raphael Puglia Says:

    Paulinho, procede essa história de
    show da Madonna no Rio, em Dezembro?

  5. O futuro, a solidão estão entre as mais recorrentes conversas quando decido falar sério com alguns amigos. Acho que, pelo menos, uma vez por semana, esse papo volta. Entre os gays, essa preocupação parece assustar cada vez mais. Talvez por haver uma pré-disposição a poligamia (pelo menos, entre a grande massa), o que afasta a idéia de contar com um amor ao seu lado até o fim.
    Causa medo mesmo viver nesse mundo com sexo tão fácil, relações desfeitas a todo o tempo no estilo fast-food. Mas o bom – ainda – da vida é ter viva a sensação de que nós podemos fazer boas escolhas, encontrar nessa aldeia alguém com visões parecidas, e dispostos a fazer uma história durar, com direito a um happy end. Pensar assim evita uma tristeza que desconhecemos e que – se Deus quiser – nem saberemos o que é.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: