Rapidinhas do cinema

O curta Tá, do diretor brasileiro Felipe Sholl, ganhou na noite de ontem um dos prêmios Teddy, concedidos pelo Festival de Berlim todos os anos para as melhores produções com temática gay selecionadas para o certame.

O filme é uma metáfora que retrata em cinco minutos de duração a sexualidade e a intimidade no meio gay. Foi a estréia de Felipe Sholl à frente de um filme.

**********************************

Madonna também estreou no Festival de Berlim. O primeiro filme dirigido pela cantora Filth & Wisdom (literalmente, “Sujeira & Sabedoria”) foi considerado pelos críticos melhor que o esperado. O filme retrata o relacionamento de três personagens – um imigrante ucraniano, uma candidata a dançarina e uma balconista que sonha em ajudar as crianças africanas – que lutam pela vida em Londres. Pelo que li em algumas matérias, dizem que o filme supreende pela enorme força de vontade dos personagens. Agora é esperar para conferir.

UPDATE: O The Guardian espezinha o filme bem. Aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: