O mundo em que vivemos

Valores trocados
Esses dias vivenciei algumas situações que me deixaram bastante pensativo. É impressionante a capacidade das pessoas de se preocuparam com coisas tão banais e deixarem de lado tantas discussões muito mais importantes.

Hoje de manhã, vindo para a redação, presenciei uma cena que me deixou anestesiado de tão absurda. Quando saí do metrô e me direcionei para o ponto do ônibus, ao chegar no final da fila reparei que um senhor de idade, morador de rua, discutia com quatro meninos, de uns 9, 10 anos de idade, também moradores de rua. De repente, os meninos começaram a rodear o senhor, com chinelos e paus nas mãos, e começaram a ameaçá-lo. Ele, com medo, começou a fugir e os meninos se divertiam com a cena, jogando os objetos na direção do senhor.

Foi aterrorizante, ninguém foi ajudar o senhor. Me virei para a fila com um olhar de “alguém me ajuda a parar essa briga” e simplesmente ouvi “nossa, esse ônibus está demorando, né?”, “ai, e essa chuvinha, que chata”, “caramba, que friozinho é esse?”. Como assim? Parecia que ninguém tinha presenciado a cena, que o senhor de idade não estava sendo ameaçado, que os meninos não estavam fazendo uma covardia. Foi ridículo pensar que as pessoas estavam mais preocupadas com a chuva do que com um senhor quase apanhando.

Eu, incrédulo, chamei um policial que estava próximo e as crianças saíram correndo e desapareceram entre os carros. As pessoas me olharam durante 2 segundos com um olhar de aprovação e, passado esse tempo, voltaram a suas reclamações de tempo e coisas banais.

Não somos mais civilizados? Cadê a preocupação com os verdadeiros valores? O melhor é fechar os olhos e ignorar as injustiças? Não! Não! Não! Enquanto não mudarmos nosso pensamento, não mudaremos a sociedade. E não adianta reclamar da boca para fora.

********************

Verdadeira preocupação
Como estou falando dessas injustiças e passividade perante os problemas, vou aproveitar para passar a vocês uma dica que a Claudinha Fukunaga, da revista Viver Bem, me passou para ajudar no combate à dengue. No Rio de Janeiro a situação já está incontrolável, em Belo Horizonte os casos estão aumentando, aqui em São Paulo ocorreu a primeira morte por dengue.

Independente de quem é a culpa e o que irá acontecer daqui para frente, devemos também fazer nossa parte. A dica da Claudinha é uma armadilha para atrair a fêmea do mosquito que transmite a dengue, o Aedes Aegypti, e matar as larvas depositadas por ele. Lógico, todos sabem que não se pode deixar água parada, deve-se colocar areia nos vasinhos e tantas outras dicas já divulgadas, mas acho que quanto mais prevenção, melhor. Segue a armadilha:

1 – Pegue uma garrada PET de 1,5 litros ou mais.

2 – Corte a parte superior para fazer uma espécie de funil.

dengue1.jpg

3 – Corte cerca de 10 cm da Pet, parte da base da garrafa.

4 – Lixe a parte interna do pedaço similar a um funil. Pode ser utilizada uma lixa para madeira de granulação 60, 100 ou 120. O objetivo é deixar a superfície interna bem áspera em toda sua extensão.

5 – Utilizando o “anel” da parte da tampa da própria garrafa, faça um fechamento com um pedacinho de tela dobrado. Pode ser micro tule.

dengue3.jpg

6 – Coloque cinco grãos de arroz ou de alpiste amassados, ou ainda ração para gatos, dentro da parte inferior da garrafa.

7 – Sele as duas parte com fila isolante.

8 – A armadilha para a fêmea do mosquito está feita.

dengue5.jpg

9 – Encha com água limpa até cerca de 3 cm da borda do funil. Complete a água à medida que a mesma for evaporando.

10 – Coloque a armadilha no quintal ou onde ficam os mosquitos. É necessário ser um local sombreado, pois a fêmea do mosquito não gosta de sol. O mosquito verifica onde está havendo evaporação de água para colocar os seus ovos.

Considerações: a superfície enrugada é importante, pois com ela a água sobe por capilaridade, o que aumenta a taxa de evaporação e atrai mais facilmente a fêmea do mosquito. Uma vez atraídas, as fêmeas depositam os ovos pelos buracos da tela, que ficarão na parte inferior do recipiente.

Quando os mosquitos saem das larvas, a redinha impede sua saída. Mas, mesmo antes deles nascerem, é necessária matar sempre as larvas, utilizando cloro.

O mosquito adulto vive de 30 a 35 dias e nesse período a fêmea põe ovos de quatro a seis vezes. Em cada período, são aproximadamente 100 ovos depositados, que podem sobreviver até 450 dias.

Ou seja, é importante se prevenir. Vamos fazer nossa parte, galera.

********************

No sofá da Oprah

thomasbeatie.jpgHoje à noite, Thomas Beatie, o transexual que dias atrás comentei aqui no blog por ter ficado grávido, estará no programa da Oprah Winfrey, nos EUA. Ele promete revelar todos os detalhes de seu passado, de suas relações, da incrível gravidez e fará uma ultra-sonografia ao vivo durante o show. Quem tiver televisão a cabo, não perca!

 

 

********************

Para aliviar a tensão
Já tentamos salvar o mundo da dengue, já ouvimos um sermão sobre civilidade e bons modos, agora podemos relaxar um pouco. Nada melhor do que homens bonitos para isso. A revista inglesa GQ elegeu os britânicos mais elegantes do momento.

O atual James Bond, Daniel Craig, foi o grande campeão da lista. O vencedor do Oscar 2008, Daniel Day Lewis ficou em terceiro e o maravilhoso-perfeito-lindo-gostoso Jude Law ficou apenas com o sétimo lugar, atrás do não mais que perfeito David Beckham. Confira a lista no site da GQ.

danielcraig.jpg
Daniel Craig: elegante? Nem reparei na roupa

judelaw.jpg
Jude Law: hello, stranger

11 Respostas to “O mundo em que vivemos”

  1. pedro paulo maia Says:

    hoje em dia as pessoas estao indiferentes ao proximo. realmente precisamos mudar isso.
    falando nessa armadilha, para saber que as larvas que se formaram sao do Aedes aegypti, é só usar uma lanterna e iluminar as larvas, se elas fugirem da luminosidade, sao larvas do mosquito.
    jude law em setimo é uma injustiça!

  2. Querido não fique assustado e muito menos preucupado com tudo que você presenciou,cenas piores que essas como de guerras e assasinatos são vistas todos os dias na televisão e o maximo que pode acontecer é você ficar assustado comentar com seus amigos…
    O ser humano é “passivo” no mal sentido da palavra.
    Basta um bom discurso ideologico em nome de liberdades plenas para que o terrorismo seja aceito com lei para resololução dos problemas comunitário.

  3. ola eu sou uma menina de 11 anos eu estava procurando o mundo em que vivemos hoje e adorei o ceu texto vc tem futoro emvista nisso o brigada por me dar a resposta para esse trabalho

  4. fernanda amorim gauna Says:

    oie naum é d c assustar com uma coisa dessas
    aqui ondd moro acontecc coisas horriveis
    e BRIGADIh ,…
    achei a resposta da minha tarefa
    e vc relemente c preucupa com o futuro e isso é mtol importantt

    abraços/*..!”=

  5. estou fazendo uma texto do colegio com o tema “o outro nome da paz é a justiça “ gostei muito de seu comentario no começço da pagina axo que vou considera algumas coisa no meu texto .
    obrigado. beijo

  6. nos achamos otimo pesquisar sobre o mundo q vivemos e q a pesquisa seja um sucesso desejo boa sorte para vc q criou este site tchau

  7. O MUNDO PRECISA DE PESSOAS COMO VOCÊ HOJE EM DIA! NUNCA DESISTA.

  8. o mundo em que vivemos e um mundo cheio de fantasias e portanto devemos mudar isso mas nao e trabalho so meu.

  9. Eu queria que todos vissem o que estão fazendo como nosso planeta e que quando eles visse pare para penssar e comesse a ajudar pois o planeta vai precizar da ajuda de todos prqa não acabar ok…

  10. adorei isso parábens pra vcs um grande beijo

  11. Larissa Caroline Says:

    meu Deus sobre mundo que ele fez o serto era so perguntar para ele

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: