Hip hop, mães, processo e revista

Recuperação do feriado

Feriadão acabou e muitos eventos rolaram aqui em São Paulo. Quarta-feira aconteceu a festa de lançamento do Hard Candy, novo cd da Madonna, na The Week. Todas as faixas do álbum foram tocadas, uns remixes muito bons, e teve até distribuição de pirulitinhos, tão coloridos quanto o cd.

Não vou mentir, eu não compareci à festa, pois estava embaixo das cobertas com uma faringite terrível. Mas, meus amigos e eternas fontes  foram e se rasgaram de elogios na noite. Me contaram tudo e fiquei com a sensação de ter perdido uma noitada realmente boa.

As fotos abaixo foram tiradas pelo meu amigo Adriano Fávero: 

Consegui me recuperar apenas para curtir a Megga Fun no sábado, que não estava tão lotada, afinal os 12ºC de temperatura barraram muita gente na noite. Mas a balada estava bem animada e, pelo que percebi, os problemas de atendimentos nos bares foram resolvidos, pois fui muito bem atendido.

Aliás, falando no hip hop de Madonna (que estou começando aos poucos a gostar do novo cd), o gênero musical está em alta. Terrance Dean, executivo da MTV, lançou nos EUA o livro Hiding in Hip Hop. A obra trata da questão do homossexualidade dentro do hip hop. Lançado pela Editora Atria, o livro discute os possíveis motivos e consequências do tema não ser tratado abertamente dentro do hip hop, como acontece em outros gêneros musicais.

Não sei se a questão da homossexualidade é tratada de forma diferente dentro dos guetos e das companhias de danças de hip hop. Eu já conheci bem de perto esse tema, pois conheço alguns gays em Curitiba que fazem parte de companhias de dança. Embora seja um tema tratado em geral como tabu, o assunto nas companhias é tratado com muito respeito. Confesso que até me surpreendi com a cabeça aberta de muitas dessas pessoas. Por esse motivo e tantos outros, estou curioso pelo livro.

*******************

Mãe com mãe

Domingo que vem já é dia das mães (sim, clichês à parte, o tempo está passando muito rápido) e as ruas de Recife estão presenciando este ano uma campanha diferente e inédita para esta data tão especial. Foram espalhados outdoors com uma homenagem às mães homossexuais e bissexuais. Eles trazem a mensagem “Uma mãe é aquela que ama e protege. Duas mães são aquelas que amam e protegem.”

A campanha é uma iniciativa do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania Homossexual da Unvirsidade Federal de Pernambuco, pelo Grupo Luas e pelo Leões do Norte e ficará em exibição durante quinze dias.

********************

Mais Recife

Um grupo, formado por dois homens e duas mulheres, está com uma ação na justiça contra o restaurante Amigos do Bode, no Recife. Segundo os amigos, eles haviam sido expulsos do local após as duas mulheres terem se beijado na boca. O processo por danos morais está sendo conduzido por um juizado especial.

A denúncia tem por base duas leis municipais: a Lei 16.780 de 2002, que diz que é proibida qualquer forma de discriminação ao cidadão com base na orientação sexual e a Lei 17.025 de 2004, que pune qualquer ato discriminatório a homossexuais, bissexuais ou transgêneros.

Na última audiência, realizada no dia 30 de abril, não houve acordo sobre o termo de ajustamento de conduta.

********************

À la tupiniquim

O lindo Joaquin Phoenix, ator de filmes de sucesso como Gladiador e Jhonny & June, estampa a recente edição da versão italiana da revista Vanity Fair como um membro de um ritual indígena no Brasil. Ele foi fotografado no mês de março na tribo amazônica Yawanawá, enquanto gravava um dos episódios da série de programas Famosos no Mundo Real, da Nacional Geographic.

Quero um índio desse para mim! Boa semana a todos!!!

4 Respostas to “Hip hop, mães, processo e revista”

  1. pedro paulo maia Says:

    bem legal uma campanha que mostre um estilo diferente de arranjo familiar.

  2. Márcio Says:

    Vamus lá depois de um Feriadão frio e chuvoso!
    the Week na vespera de feriado, num fui tbm mas deve ter sido ótimo, Sobre o Hip Hop…está numa junção com o Pop que hoje em dia nem sei mais quase distinguir Rihanna de Celine Dion ou Justin Timberlake dele mesmo!!! Mas o Que eu ache muito interessante foi o tema da camapnha do dia das Mães, será que no dia dos pais terá uma igual ou similar??? Espero que sim!!
    A proposito Paulo..
    gostaria de seu comentario sobre o tão falado beijo do Bernardinho na novela! Será mesmo necessário ao seu ver?? e o Sensacionalismo da imprensa feito sobre isso?? O que é melhor de vermos Um beijo Gay ou um Casal jogando a Filha pela Janela??? Espero seu comentário!! Abs e boa Semana…

  3. Laio Realengo Says:

    Quero ver os cartazes do dia dos pais.
    Salve as mães deste Brasil.
    O Hip Hop é machista sim.

  4. muito bom este trabalho de vcs bkn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: