A imagem da diversidade

Revista DOM

Você descobriu lá na adolescência que seu interesse por pessoas do mesmo sexo era real e crescente. A necessidade de afirmação e de assumir sua mais profunda identidade chegou a um ponto tal que esconder da família e dos amigos não era mais possível – e nem benéfico.

Fazendo isso, teve de enfrentar um sem-fim de sentimentos confusos, problemas aparentemente insolucionáveis, dúvidas e angústias. Os seus sentimentos, os seus problemas, as suas dúvidas e angústias… e os dos outros.

Suponha que você, assim de bater o olho, acredite não ter nada em comum com a moça aí de cima. Para saber de antemão de quem se trata, é preciso ter mesmo um bom par de antenas: o nome dela não vive transitando por aí.

Mas o cargo dela cai bem aos ouvidos: Líder Global de Desenvolvimento de Negócios para Gay, Lésbica, Bissexual e Transgênero. Yvette Burton é americana e lésbica, ocupa esta posição executiva na tecnológica e poderosa IBM e passou por tudo isso que você leu.

Mrs. Burton é a entrevistada da edição de aniversário de DOM. Ela nos falou sobre como sua família e seus amigos reagiram quando se assumiu, do quanto estudou para se destacar, da escolha do tema de seu doutorado, que foi considerado um dos 10 melhores – o que serviu de trampolim rumo à IBM, quais são as medidas urgentes para o universo LGBT nos Estados Unidos e no mundo entre muitas outras coisas.

Além disso, Yvette é co-presidente da Aliança Gay & Lésbica Contra a Difamação (GLAAD): a primeira mulher afro-descendente a ocupar esta posição. Diga-se de passagem, ela se casou com Patricia há alguns meses, sua companheira de 13 longos anos.

Não perca a entrevista de DOM 10. Entre uma superação e outra, descobrem-se muitos pares ao longo do caminho.

Taís Lambert
Editora-Chefe

7 Respostas to “A imagem da diversidade”


  1. Um bom exemplo. :]
    Acho que o ponto de assumir pros meus pais vai demorar, isso é.
    se eu criarrr coragem😛

  2. Queridos Augusto e Taís, me sinto muito honrado como Brasileiro e Gay ao ler a matéria da Ms. Burton, que nos trás a oportunidade única de ver como grandes empresas podem e devem ajudar e apoiar o seu público LGBT (interno e externo) a sair definitivamente do armário para suas vidas profissionais, que com certeza irá melhorar a pessoal.
    Enquanto nós Gays Brasileiros estivermos dentro de conchas, baús velhos, portas fechadas, nao deixaremos que informações preciosas como a entrevista da Ms. Burton sejam dissimidas. Poder atingir diretamente outras grandes empresas, mostrando que trabalhar com gay e ter cliente gay não atrapalha em nada o crescimento da emrpesa. Afinal não é isso que o mercado espera. E torço para que definitivamente o recado seja forte o suficiente para deixar os armários só para roupas e utensílios.
    Espero que muitos possam ler, entender, refletir e dividir as respostas da Ms. Burton com todos os seus – Muito obrigado à DOM pela excelente entrevista.
    Abraços e VIVA A VIDA FORA DO ARMÁRIO.
    Clovis Casemiro.

  3. Isso definitivamente é um grande exemplo, ainda não comprei minha edição mas ainda esta semana estou correndo para garantir a minha, e sim isso é bonito de se ver e da pra imaginar por tudo o que ela passou, pela sua cor (que eu acho isso o erro do ser humano) mas isso é um assunto muito completo, mas que um dia tem que acabar e por ser GAY.

    Enfim são dois preconceitos que não entram na minha cabeça mas que a maioria dos gays tem contra negros também, mas estas pessoas não devem pedir respeito sobre sua sexualidade se não mostra o respeito com a cor do próximo que chega ser muito pequeno perto de outras coisas.

    Mas é muito interessante ver tudo isso, vou comprar e adoro aqui, sempre informativo!!

    xoxo

  4. A IBM está anos-luz à frente desta questão, é uma empresa “gay-friendly” por excelência. Espero que outras sigam o exemplo, principalmente as médias e pequenas empresas brasileiras.

  5. E a edição de dezembro realment vai ser a última? Como ficam os assinantes? Fiz assinatura p/ 2 anos!

    É uma pena uma revisa dessas estar sem editora.

  6. Fico muito orgulhoso de ver uma materia como essa. Conheco pessoalmente e trabalho com a Yvette na IBM. E muito bom ver o amor e a dedicacao que essa mulher tem pelo outro e por seu trabalho. A DOM esta de parabens!!!

  7. Encontrei este texto através de pesquisa para um trabalho que estou desenvolvendo e achei bastante interessante. Li também um pouco mais no site e realmente tenho pena que não seja mais atualizado.
    Espero que continuem blogando, mesmo não associados a uma revista.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: